Por que sua empresa não consegue vender na internet?

Pense na seguinte situação: você começou a perceber o imenso potencial da internet  para o seu mercado e começou a investir em marketing digital. Criou perfis em redes sociais, montou sua página no Facebook e criou um site incrível. Só que o principal que você esperava não aconteceu: você não conquistou mais vendas.

É esse o caso da sua empresa? Se essa descrição se assemelha muito com a atual situação do seu negócio, descubra neste post quais são os possíveis motivos que estão afundando sua estratégia de marketing na internet e saiba o que fazer para mudar essa realidade!

1. Você possui objetivos claros e planejamento em seu marketing?

Há uma frase bastante famosa atribuída ao filósofo Sêneca que diz: “nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir”. Essa é a mais profunda verdade, e se aplica diretamente ao Marketing de um negócio. Estabelecer onde seu marketing quer chegar é o primeiro passo rumo ao sucesso de sua estratégia.

É claro que existem ações que são necessárias para praticamente qualquer tipo de negócio, como criar uma identidade visual, um logotipo ou um site. Mas a definição do objetivo e da estratégia utilizada determinarão o “como”, ou seja, as questões intrínsecas às tarefas que são determinantes para o resultado.

Um planejamento eficaz deve levar em consideração os objetivos da empresa e os atores envolvidos – a própria empresa, os clientes, fornecedores e outros. Toda mensagem, antes de ser transmitida, precisa ser desenvolvida sob a clareza de quem é o emissor, qual é o canal, quem é o destinatário e qual é o objetivo da mensagem. Sem esse planejamento mínimo não há comunicação, e, sem comunicação, não há marketing.

2. Você definiu suas personas?

No marketing digital, o termo persona, ou buyer persona, se refere à um perfil semificcional do seu cliente ou consumidor ideal mais provável. A criação da persona não se dá usando “achismos”, mas também não é feita somente levando em consideração dados e estatísticas.

A persona é um personagem criado a partir de informações que você já possui sobre seus clientes atuais e potenciais aliada a questões subjetivas que influenciam sua compra. Ao criar a persona, você une informações como idade, profissão, se tem filhos, se é casado, entre outras, com questões emocionais envolvendo seu cliente.

Dentre esses fatores emocionais, podemos considerar como principais o comportamento de compra do cliente e suas dores – as questões que mais pesam para ele e que influenciam diretamente sua decisão. Avalie que tipo de sentimentos ou pensamento vem à mente do seu cliente pouco antes dele tomar a decisão de comprar.

Se você não sabe com quem está se comunicando e quais são os gostos e expectativas do seu público, fica difícil criar uma conexão com ele e ser eficaz na comunicação e no marketing.

3. Que tipo de estratégia de marketing você está usando?

Será que a estratégia atual é realmente efetiva para seu público? E mais: será que você deu tempo suficiente para que essa estratégia pudesse se demonstrar bem ou mal sucedida?

Vale dizer que a internet não é um canal como outro qualquer. As coisas mudam o tempo todo e as tecnologias se tornam rapidamente obsoletas. As velhas estratégias usadas no ambiente offline não funcionam na internet. Por isso, é bom contar com uma agência especializada em marketing digital que possua cases de sucesso na área e certificações que atestem sua qualidade, como a certificação da Resultados Digitais.

Também é altamente recomendável que sua empresa invista numa estratégia de Inbound Marketing. O Inbound Marketing privilegia o posicionamento orgânico (não pago) nos resultados de busca, gera maior engajamento do seu público e permite que seu cliente em potencial seja capaz de encontrar seu negócio sem que você precise correr atrás dele.

A longo prazo, o Inbound Marketing é muito mais vantajoso que o marketing tradicional ou que o Outbound Marketing – o marketing que “empurra” o produto ou serviço para o público na tentativa de vender. O velho marketing é caro, requer muito esforço e tem baixa efetividade.

Mas é bom lembrar que qualquer estratégia que envolve Inbound Marketing depende de um esforço contínuo de longo prazo. Por isso, ao começar a colocar em prática uma estratégia de Inbound, tenha paciência, pois os efeitos podem demorar um pouco a chegar.

4. Você está mensurando e aprimorando seus resultados?

Você sabe dizer em números se as estratégias que você tem usado estão trazendo bons resultados? Quais são os indicadores que demonstram isso? Boa parte das agências de marketing e das empresas que implementam sua estratégia de marketing esquece de cumprir duas atividade que são imprescindíveis para melhorar a eficácia das ações: a mensuração e análise dos resultados.

Qualquer avaliação de resultados se baseia em dados e indicadores. Como saber se uma estratégia deu certo ou alcançou bons resultados se você não medi-la? E como aprimorá-la, se você não tiver números para analisar? Por isso, não ignore o poder dos números. Mensure e analise constantemente os resultados de marketing, aplicando e testando melhorias.

Nisso tudo a Deen pode ajudar sua empresa. Contamos com profissionais de marketing digital altamente qualificados e somos uma agência certificada pela Resultados Digitais. Além disso, a Deen oferece um acompanhamento constante dos seus resultados, aliado a uma análise consistente da sua campanha de mídia. Com a Deen, você pode ficar tranquilo em saber que o marketing da sua empresa está nas mãos de quem entende do assunto e sabe como fazer seu negócio decolar.

Consulte-nos e solicite um orçamento! Estamos à disposição para ajudá-lo!

Deixe um comentário