Marketing Imobiliário: Vale a pena investir em mídias sociais?

Já adiantamos a resposta: sim, vale a pena investir em mídias sociais como parte da estratégia de marketing imobiliário.

Afinal, as pessoas gostam de agilidade e praticidade na hora de entrar em contato com empresas desse segmento. Ou seja, o que antes só era possível ser resolvido por telefone (como saber o preço de um simples aluguel), atualmente podemos ter esses e outros dados a um alcance dos dedos e, ainda, recebermos conteúdo de qualidade para que tenhamos a empresa como referência no mercado.

Mas como o terreno das redes sociais é bem concorrido, é preciso buscar alternativas inteligentes para se destacar dos concorrentes. Nesse sentido, alguns cuidados são necessários e no post de hoje vamos citar 3 deles:

Cuidado 1: Conheça a fundo o seu público-alvo

Em toda estratégia de divulgação de um produto ou um serviço, é necessário conhecer o público-alvo que se deseja atingir. Isso evita, entre outras coisas, o desperdício de verba com publicidade e posts patrocinados nas mídias sociais que são direcionados a pessoas erradas.

Então, vale a pena separar um tempo para fazer uma pesquisa com seus clientes, pois essa é a base para toda estratégia de marketing imobiliário que você for implantar. É preciso descobrir o máximo de informações possíveis: localização, renda, aspirações, interesses, faixa etária, hábitos, vida profissional, sonhos, medos…Todas essas informações te ajudam a criar conteúdo relevante e anúncios atraentes a esse público.

E por falar em conteúdo relevante…

Cuidado 2: Divulgue conteúdo de qualidade nas mídias sociais

As pessoas passam horas de seus dias nas redes sociais consumindo informações e mensagens. Por isso, publicar posts de qualidade e que realmente agreguem valor ao seu público-alvo faz toda a diferença na hora de se destacar de seus concorrentes.

Por exemplo: se o seu objetivo é vender apartamentos num determinado bairro, pode escrever posts falando sobre as características e as vantagens de se morar nessa localidade; os motivos que fazem morar em apartamento a melhor opção; como adquirir o imóvel próprio sem se endividar, e por aí vai.

Os conteúdos devem sempre ajudar no processo de compra/venda/aluguel de imóveis, fazendo com que a sua empresa conquiste clientes e aumente o faturamento.

Cuidado 3: Crie anúncios chamativos como parte da estratégia de marketing imobiliário

Criar anúncios chamativos, que se destaquem das imobiliárias concorrentes, também é fundamental para a sua estratégia de marketing imobiliário dar certo.

Para isso, vale a pena apostar nas diferentes ferramentas de anúncios para interagir com o público, como fotos em 360º dos imóveis, vídeos, infográficos, depoimentos de clientes, enquetes, memes que geram empatia e descontração, entre outros recursos.

Caso de sucesso: Perfil Imóveis

Localizada em Caxias do Sul (RS), a imobiliária Perfil Imóveis é um caso de sucesso que mostra a perfeita integração entre um site mobile (otimizado para todos os tamanhos de tela), aplicativo fácil de usar e redes sociais para alavancar negócios.

Posts diários nas redes sociais Facebook e Instagram e que reúnem todos os cuidados que citamos (anúncios e conteúdo de qualidade direcionado ao público-alvo), fez com que as páginas conquistassem um significativo número de seguidores, aumentando o engajamento com a marca (curtidas, comentários e compartilhamentos).

Como consequência de se aproximar do público e agregar valor a ele, entregando informações e ofertas construídas de forma atraente, a Perfil Imóveis tem aumentado sua carteira de clientes e seu faturamento mensal.

Viu como vale a pena investir em mídias sociais como parte da estratégia de marketing imobiliário? Caso o seu empreendimento já esteja presente nas redes sociais, não deixe de levar em consideração todos os cuidados e mãos à obra!

Se você ficou com alguma dúvida sobre como implementar uma estratégia de marketing imobiliários eficiente nas mídias sociais, fale agora mesmo com a Deen. Nós temos a solução ideal para você.

Deixe um comentário