Descubra com qual frequência postar em cada uma de suas redes sociais

É indiscutível afirmar que as redes sociais têm sido grandes canais de comunicação das empresas que, se bem utilizadas, podem trazer excelentes resultados, inclusive financeiros.

Entretanto, como tudo na vida, é preciso ter um equilíbrio na hora de realizar as postagens. Afinal de contas, qual deve ser a frequência correta para não sobrecarregar a timeline dos clientes (a ponto de eles se aborrecerem com a página) e, ao mesmo tempo, a página não cair no esquecimento?

Antes de mais nada, é preciso entender o funcionamento de cada rede social: quem está nela, o que essas pessoas desejam ver, que tipo de conteúdo traz mais engajamento, qual o objetivo dela. Todo esse entendimento é um fator determinante para se pensar na frequência das postagens.

Entendido isso, a seguir separamos uma média de frequência das quatro principais redes sociais da atualidade: Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn. Leia com atenção!

1. Facebook

De um modo geral, a frequência ideal no Facebook varia entre uma postagem até três postagens diárias. Isso vai depender da capacidade da empresa de se dedicar à página, e do tipo de conteúdo que ela oferece aos seguidores.

Nesse sentido, é importante dizer que o conteúdo não pode ser repetitivo e precisa oferecer algo que realmente atraia as pessoas, para que elas não se incomodem com a frequência de postagem.

Uma dica é você observar quais são os tipos de postagens que mais geram engajamento (curtidas, comentários e compartilhamentos) e focar os posts principais nesse determinado modelo – mas tendo o cuidado de sempre levar novidades aos seguidores.

Fique, portanto, de olho nessa frequência: se você observar que o engajamento diminuiu ao longo da segunda, terceira ou nas demais postagens, talvez seja hora de reduzir a periodicidade.

2. Instagram

O ideal é realizar uma postagem ao dia, caso o conteúdo seja interessante e exclusivo. Lembre-se de que o Instagram é uma rede social extremamente visual; portanto, textos e imagens com cara de anúncios publicitários não costumam ter muito engajamento – caso contrário, o ideal é postar dia sim, dia não.

Uma dica é: como as pessoas utilizam o Instagram como seus álbuns de fotografias, também publique fotografias de boa qualidade sobre os bastidores do seu negócio, os produtos prontos e seus benefícios e outros assuntos que sejam interessantes, emocionantes e até divertidos.

Não se esqueça de sempre utilizar as hashtags nas postagens, já que esse é um grande movimentador de público nessa rede e você pode conseguir muitos seguidores de forma orgânica (não paga).

3. Twitter

O Twitter é puro imediatismo e dinamismo, pois as postagens são curtas (280 caracteres) e são feitas a todo momento pelos usuários. Por isso, a empresa pode considerar fazer várias postagens por dia – desde que haja um intervalo de tempo de, no mínimo, 30 minutos entre eles, para não monopolizar a timeline dos seguidores.

Não se esqueça de que os conteúdos precisam ser sempre frescos, atuais e oferecer algo interessante aos usuários, já que a empresa precisa se destacar entre muitas atualizações.

4. LinkedIn

A rede social LinkedIn vem se destacando nos últimos tempos e, como é uma rede profissional, o ideal é que sejam feitos 20 posts por mês, em horário comercial e ao longo dos dias úteis.

Não se esqueça de fazer postagens incentivando a opinião dos usuários, pois essa rede costuma gerar discussões interessantes, de onde podem surgir muitas ideias e parcerias. Também utilize palavras-chaves certas, pois as postagens também são listadas nas buscas do Google. Também incentive aos colaboradores da empresa que todos tenham seus perfis e compartilhem os conteúdos postados, gerando mais engajamento.

Embora todas as redes sociais tenham suas diferenças, uma boa dica que serve para todas elas é: sempre mensure os resultados das postagens para ver quando há mais público online e conseguir adequar os melhores dias e horários de acordo com o perfil dos seus clientes. Com o tempo, você compreenderá qual é a melhor maneira e frequência de se comunicar com eles.

Gostou das dicas? Mas se depois de todas elas você ainda ficou com alguma dúvida ou precisa de uma ajuda para definir a frequências das postagens em suas redes sociais, fale com a Deen. Até a próxima.

Deixe um comentário