Como e por que criar uma assinatura de e-mail de qualidade?

Assim como os profissionais carregam consigo seus cartões de visitas devidamente impressos, a assinatura de e-mail é um item muito importante, pois é o nosso cartão de visitas virtual. Frequentemente, ele é o primeiro contato que alguém tem conosco – e isso pode fazer toda diferença na hora de fechar um negócio.

Desse modo, uma boa assinatura de e-mail deve ser feita para as pessoas confiarem em nosso trabalho e em nossa mensagem. Afinal, uma assinatura esteticamente ruim, que não passa a ideia necessária para “apresentar a pessoa” e sem suas principais informações, certamente será vista com maus olhos no mercado.

Portanto, no post de hoje separamos algumas dicas para te ajudar a criar uma excelente assinatura de e-mail para transmitir a melhor imagem possível a seus contatos:

1. Filtre quais informações serão exibidas

Uma boa assinatura de e-mail não deve conter um excesso de informações para não causar confusão e atrapalhar a mensagem a ser transmitida.

Nesse caso, o ideal é exibir os seguintes itens básicos:

  • nome
  • profissão
  • certificação
  • formas de contato que você utiliza profissionalmente, como telefone, WhatsApp, outro endereço de e-mail, Skype, etc.

Se você, ou a sua empresa tiverem um perfil profissional nas redes sociais, uma boa dica é colocar os botões dessas redes no final da assinatura de e-mail – eles são bons geradores de tráfego e podem te ajudar a aumentar a audiência de suas páginas e levar os contatos a conhecer o seu site.

2. Tenha cuidado com a paleta de cores

É importante que você utilize cores que harmonizem todo o conjunto da sua assinatura de e-mail, sem exageros. Nesse sentido, aproveite para usar as cores que já fazem parte da identidade visual da sua empresa, pois elas ajudam a reforçar ainda mais a sua marca.

Caso você queira incluir o logotipo da sua empresa na assinatura de e-mail, cuidado para que ele não fique mal posicionado e com um tamanho que possa poluir visualmente a composição.

3. Utilize uma foto profissional

Ultimamente a maioria das assinaturas virtuais vêm com a foto do profissional. Isso faz com que o contato tenha uma melhor identificação da pessoa com quem está trocando e-mail.

Entretanto, aqui vale um cuidado: utilize uma foto adequada para apresentações profissionais. Mesmo que ela vá ficar em tamanho reduzido, uma foto ruim, ou com roupas inadequadas pode transmitir uma mensagem errada aos contatos.

Olha só um exemplo de assinatura de e-mail com uma foto adequada:

4. A assinatura de e-mail deve ser responsiva

Já vimos aqui no blog a importância de você ter um site responsivo, também conhecido como “site mobile friendly”, ou seja, adaptado para todos os tamanhos de tela. Muitos profissionais se esquecem de criarem suas assinaturas de e-mail para também serem adaptados e visualizados em dispositivos móveis.

Se o seu provedor de e-mail não possui uma ferramenta que te ajude a criar uma assinatura responsiva, uma boa dica é contar com o auxílio de um profissional, que criará um layout adaptado e rápido de ser carregado em todos os dispositivos.

5. Escolha com moderação a quantidade de fontes

A última dica é prestar muita atenção na hora de escolher os tipos de fontes da sua assinatura de e-mail.

Elas devem facilitar a leitura, harmonizar com o conjunto e estar de acordo com a proposta profissional da empresa. O ideal é escolher no máximo duas fontes e que elas também harmonizem entre si e ofereçam os devidos destaques nas palavras necessárias.

Olha só um exemplo:

Gostou das dicas? Então mãos à obra! Mas se você sentir alguma dificuldade na hora de criar a sua assinatura de e-mail ou não sabe por onde começar, fale com a Deen!

Deixe um comentário