4 erros que você pode estar cometendo no Google AdWords

O Google AdWords certamente é uma das melhores ferramentas para divulgar as empresas pela internet, fechar vendas, oferecer serviços e construir uma reputação de credibilidade no meio virtual.

Mas alguns detalhes na hora de configurar as campanhas de anúncios podem colocar em risco o retorno esperado e também pode comprometer a verba destinada à publicidade.

Conheça a seguir 4 erros muito comuns e verifique hoje mesmo se eles estão sendo cometidos em seus anúncios. Se estiverem, pause as campanhas e conserte!

Erro 1: segmentação geográfica errada

A segmentação geográfica pode parecer algo simples, mas, na verdade, ela precisa ser bem trabalhada para que a campanha dê certo e atinja o público ideal para o seu negócio.

Quer um exemplo de segmentação geográfica errada? Vamos supor que você tenha uma loja física em Florianópolis (SC); isso significa que você precisa segmentar para que apenas moradores de Florianópolis e região visualizem seus anúncios – afinal, o objetivo é que elas marquem presença em sua loja.

Mas se você se esquece desse detalhe e segmenta suas campanhas para outras regiões, até mesmo para o Brasil inteiro, pode ter certeza que você não atingirá o resultado esperado.

É o mesmo que você ter uma loja virtual de roupas de inverno e segmentar para que os moradores do Nordeste tenham acesso aos seus anúncios. A campanha não trará resultados positivos ao seu negócio.  

Erro 2: anunciar produtos fora de estoque

Você já deve ter ouvido falar a respeito disso, ou mesmo já foi alvo de anúncios de produtos que, ao clicar, você descobre que estão indisponíveis para compra. Em épocas de grande movimentação de compras na internet, como na Black Friday, infelizmente essa vem sendo uma prática comum e certamente prejudica a reputação da loja.

Então, antes de criar as suas campanhas de produtos específicos no Google AdWords, verifique antes o estoque da loja – e assim que eles saírem de estoque, encerre a campanha.

Erro 3: propaganda enganosa

Esse é outro erro sério que pode te trazer muitos problemas, inclusive judiciais. Provavelmente você, como consumidor virtual, já deve ter se deparado com essa situação ou conhece alguém que passou por isso: aquela oferta tentadora que, ao clicar, você descobre que não era bem assim; o preço, na verdade, é outro bem mais alto.

Mas por que isso ocorre? Em alguns casos, o erro está na otimização da campanha do Google AdWords.

Na prática, você atualiza o valor do produto no site, o parcelamento, o preço do frete, e tudo o que for preciso, mas se esquece de atualizar a própria campanha no AdWords. Um esquecimento que pode configurar em propaganda enganosa, pois induz o usuário a erro, como afirma o artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor.

Portanto, para não cair nesse erro, sempre realize um checklist de rotina em suas campanhas no Google AdWords para verificar alterações que devem ser feitas imediatamente.

Erro 4: anúncio com URL de destino errada

O anúncio está perfeito, atraente e com toda configuração adequada – a não ser por um simples detalhe: quando o usuário clica no anúncio, ele é direcionado a uma página incorreta ou, até mesmo, é induzido a tomar uma série de decisões (ou seja, vários e vários cliques) até se chegar ao produto, ou serviço oferecido na publicidade, fazendo com que ele desista no meio do caminho.

Então, sempre verifique as URLs de todos os seus anúncios. Eles devem direcionar exatamente para o produto ou serviço oferecido, fazendo com que a taxa de conversão seja maior. Não direcione os anúncios para a página inicial do seu site. Quanto menos trabalho o lead (potencial cliente) tiver, maior a probabilidade de a compra ser realizada.

Precisa de ajuda para divulgar o seu negócio no Google AdWords e não cometer esses erros que podem prejudicar a sua empresa? Então fale agora mesmo com a Deen!

Deixe um comentário